sobre livros, pois é.

|

3 de julho de 2014


Na  falta de um título, roubei descaradamente o título dado na postagem da Nanafofalinda, que me indicou essa super TAG para responder. Já tem um certo tempo que penso nas respostas e quase desisti de fazer o meme, mas como decidi que a partir desse mês eu pararei de procrastinar as coisas, vamos lá.

1) Vox Populi (um livro para recomendar a toda gente):
É dificílimo indicar livro para as pessoas, porque o que pode ter sido bom para mim nem sempre será bom para você. Mas um livro que eu achei fantástico, com uma narrativa fantástica e sendo uma história fantástica, foi Eu sou o Mensageiro do meu amado Zuzak. É quase impossível não se amarrar no Ed e no Porteiro ♥

2) Maldito plágio (o livro que gostaríamos de ter escrito):
O livro? Jura que tem que ser somente um?
Uma história que eu gostaria de ter escrito foi Anna e o beijo Francês, porque é lindinha e saber todos os lugares de Paris para escrever aquele livro é muito amor.
Eu tinha pensado que fiquei com inveja literária da Jojo Moyes em Como eu era antes de você, mas imaginar tudo que ela deve ter convivido/passado para escrever esse livro me fez mudar de ideia.

3) Não vale a pena abater árvores por causa disso:
O vendedor de senhos, do Cury. O livro é tão chato, a narrativa é tão chata que nunca mais tive coragem de pegar nenhum livro desse mesmo autor com medo de me frustrar de novo.

4) Não és tu, sou eu (um livro bom, lido na altura errada):
Reza a lenda que Capitães da Areia é bom, mas eu tinha catorze anos quando me obrigaram a ler. Sim, fui obrigada. E não, não li. Foi a primeira (e única) audácia da minha vida, em pegar resenhas na internet para passar na matéria. O livro simplesmente não rolou.

5) Eu tentei... (um livro que tentamos ler, mas não conseguimos):
Julie & Julia. Comecei a ler para o grupo Clube do Livro (sdds), forcei a leitura, mas não teve jeito. Não vingou.

6) Hã? (um livro que lemos e não percebemos nada OU um livro com final surpreendente):
Marina, do Zafón, é um livro duplamente hã?, pois lemos e não percebemos nada E tem um final surpreendente. A história (assim como a maioria do Zafón) é conturbada e esquisita, mas o livro te prende e não te solta mais, até que o fim chegue. Demais!

7) Foi tão bom, não foi? (um livro que devoramos):
A culpa é das estrelas. Li o livro num único dia. Reli o livro em outro dia. E chorei as duas vezes, bjs.

8) Entre livros e tachos (uma personagem que gostaríamos que cozinhasse para nós):
Todos os elfos de Hogwarts *-*

9) Fast forward (um livro que poderia ter menos páginas que não se perdia nada):
Não me vem nenhum livro na cabeça, mas ACHO que, quando li Boneco de Neve, pensei que o autor podia parar de rodear demais. Apesar disso, o livro é ótimo!

10) Às cegas (um livro que escolheríamos só por causa do título):
Comprei A Sombra do Vento pelo título, porque fiquei intrigada. Vento não tem sombra, certo? Agora, parando para pensar, não entendo ainda o porque desse título, mas tudo bem.

11) O que vale é o interior (um livro bom com a capa feia):
Particularmente não gosto das capas da Arqueiro, porque contém muita imagem. Não consigo pensar em UM liro em especial. (depois vou olhar a estante — descobri que meu Skoob tá desatualizadíssimo — e dar um update nisso aqui).

12) Rir é o melhor remédio (um livro que nos tenha feito rir):
Um livro que me arrancou muita risada foi o livro do meu amigo Antônio, em seu Que Momento! A narrativa humorística e as histórias bizarras te arranca bons sorrisos.

13) Tragam-me os Kleenex, faz favor (um livro que nos tenha feito chorar):
Choro muito em livros e adoro livro que me arranca lágrimas (oi?), o que me faz lembrar da Maya e na ideia que ela deu lá na Elite, de escrever um tópico com "5 livros suicidas". Parando para pensar em UM livro para responder aqui, concluo que vou fazer a tag dos 5 livros hahaha.
Mas ok. O primeiro livro memorável que chorei (muito!) foi Harry Potter e a Ordem da Fênix, porque né? Depois, quando reli os livros, chorei mais ainda porque já sabia da história, então a coisa toda ficava ainda mais triste.

14) Esse livro tem um V de volta (um livro que não emprestaríamos a ninguém):
Toda a coleção de Harry Potter (emprestei o primeiro faz anos e até agora nem tchum de me devolverem)
Aí tem mais alguns queridinhos, como A culpa é das estrelas, A menina que roubava livros... Na verdade, bem verdade, só empresto mesmo se conhecer muito bem para quem estou emprestando e, normalmente, livros não tão favoritos assim.

15) Espera aí que eu já te atendo (um livro ou autor que estamos constantemente a adiar):
O Silêncio das Montanhas. Devorei os dois famosos livros do autor, mas quando chego nesse... puf. Já iniciei o livro algumas milhões de vezes, mas sempre aparece algum outro para passar na frente. Tem jeito não.

É isso povolindo. Nada como uma tag literária *-*
Não vou indicar ninguém, mas façam façam façam façam e deixem o link aqui para eu ler as respostinhas e conhecer livros novos e zás zás zás.

Beijocas

comentários pelo facebook:

15 comentários:

  1. Não foi a Tally quem deu a ideia do livro suicida. Foi eu! ;)

    Tô louca pra fazer esse post, mas quero fazer em forma de vlog! Pra mim foi o melhor meme já visto até agora.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sorry Minion!! Achei que fosse ela =\
      Vlog é legaaaaaaaal pra responder essa TAG. *-*

      Excluir
  2. Sempre que alguém cita meu livro entre seus favoritos sinto-me mais que elogiado. É um carinho que não tem como definir, ainda mais vindo das pessoas especiais que me cercam, e teu caso é todo especial, já que a tua contracapa também faz um sucesso danado e, afinal de contas, se hoje a nossa amizade existe, é por causa dos nossos blogs que se encontraram para a eternidade.

    Obrigado sempre, Fê! Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ton,
      quando li a TAG no blog da Nana, teu livro foi o primeiro que veio na minha cabeça. Sério. Ele é genial de tão bem humorado. Não é novidade para ninguém que eu adoro o jeitão que tu escreves, bem como adoro todo regionalismo presente nas tuas linhas. Digo isso desde 2008 e as coisas simplesmente não mudam.

      É um prazer imensurável estar na tua contracapa .

      Eu que agradeço sempre! ♥

      Excluir
  3. Fê amei suas respostas, tem muito livro aí que eu não li e sou louca pra ler, acho que todos exceto hp (detesto, desculpa sociedade). Vou roubar com toda certeza!

    http://www.novaperspectiva.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. comoassim tu não curte HP?!?!? Só te perdoo porque conheço mais gente que não curte também, embora seja quase como minha prima que simplesmente detesta sorvete (oi?).

      Responde a TAG lá no Nova, Gábs ♥

      Excluir
  4. E uma resposta melhor que a outra, gostei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deu trabalho respondê-las, mas gostei.
      Seja bem vindo Chris.

      Excluir
  5. Oii, tudo bem??

    Adorei a TAG, já tinha visto ela em outro blog e fiquei com muita vontade de responder. Anna e o Beijo Francês é realmente muito bom, e eu também teria vontade de escrevê-lo. Gostei bastante de Capitães da Areia, acho que devo ter lido quando tinha 14/15 anos tb, mas foi bem legal.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima
    Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anna e o beijo francês é muito, muito, muito amor ♥ E nem é daqueles livros complicados, sabe? Desenrola que é uma belezinha.

      Sinto que terei que dar outra chance ao Jorgito Amado. Se eu ler Capitães da Areia, volto aqui para contar como foi.

      Beijo!!!

      Excluir
  6. A Nanalindafofa fica toda "own" quando participa aqui do PS!
    Adorei tuas resposta Sis!
    Cê me fez pensar no nome "A sombra do vento", acho que vou ter que reler, pra ver se pego o porquê do nome. :p

    Muitos não conheço. :/
    HP nunca li, nem comi, eu só ouço falar. :p
    Anna e o beijo francês é lóvinho demais. *.*

    Dá uma nova chance pro Jorginho Amadinho depois. *.*
    Posso ler com você, Capitães, se quiser. :*

    Obrigada por sempre falar de mim de forma carinhosa!
    Lóve you. ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem como falar de você sem ser com carinho, Naninha. Cê é toda fofa, merece ser tratada como toda fofa ♥

      Fiquei querendo reler A Sombra do Vento também. Acho que o título é outra parte dos livros do Zafón que a gente não entende. Sério. Queria entrar na cabeça dele pra saber o que ele pensa quando escreve essas coisas sem pé nem cabeça.

      Vou dar uma chance do Jorginho sim. Aí te conto tudinho ♥

      Beijo lindona

      Excluir
  7. Já tem um tempo que me indicara esse meme, mas estou com planos de fazê-lo até no máximo semana que vem, porque de primeira o adorei. Só que fui tentar fazê-lo e achei difícil também viu? haha
    Realmente, era você e não Capitães da Areia. É um dos meus livros favoritos.
    Aguarde o meu meme feito, então. haha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina, o meme é mó legal na hora que se recebe, mas na hora de responder... caramba! É muito difícil. hahaha

      Tenho consciência que era eu e não Capitães da Areia. Preciso criar coragem de reler e ver se mudo de ideia.

      Beijo!

      Excluir