onde nasce o sol

|

24 de agosto de 2015


Eu pulando fora, abandonando o barco, largando a expectativa inútil de você tomar alguma atitude e cumprir cada frase solta que espalha por aí com aquele sorriso irônico que um dia achei incrivelmente encantador. Eu abrindo os olhos, devolvendo minha razão, dizendo não pra todos os seus convites e promessas. A espera acabou. Minha vontade de você cansou. E quer saber? Prefiro guardar minhas energias seguindo sozinha do que continuar lutando por alguém que não sabe o que quer e não decide pra onde vai. Meus sentimentos não são suficientes pra nutrir uma felicidade falsa, se tornou pouco os abraços, os elogios, os beijos na testa. Amor platônico não é minha praia, meu bem. No começo foi divertido, interessante, mas o tempo passou e levou as inúmeras oportunidade de você vir e fazer acontecer.

É até atraente ser o cara que só tem “papo”, mas após esse período isso apenas faz você parecer igual a todos. Ou, na pior hipótese, esse é quem você é. Só demorei mais do que o necessário pra entender, as vezes o que se ouve da multidão também pode ser verdade. Dói processar a verdade quando engano tem o gosto doce demais. As palavras só alimentam esperanças, meu bem. Nada mais. A dor e a decisão em ceder seu espaço a outra pessoa vieram de noites longas em que me questionei se faz sofrer, como pode ser algo bom? Se apaixonar é fácil, acontece rápido. O processo difícil, lento e doloroso é admitir que a felicidade temporária é o passatempo preferido de quem gosta de brincar de ilusão. Eu lamentei casa escolha sua, lamentei por você não ter tentado, não ter arriscado, lamentei o seu arrependimento ao se confundir quando os lados enfim se inverteram. Pode apostar não é fácil desistir de você, sentir o coração apertar ao abrir mão de um sentimento transparente, limpo, puro, o completo contrário do que sente aquela que está ao seu lado e não merece acordar com você.

Eu sei o que virá, vai por mim, é só o começo da dor, no entanto, este é um passo gigante visto que me redireciona para distante de você e quanto mais distante maior o silêncio que chegará com o fim dos costumes, entretanto eu me sinto inesperadamente pronta pra pedir que você tire esse interesse falso dos meus dias, que me deixe concertar tudo aqui dentro, me deixe reorganizar as ideias, me deixe arrumar essa bagunça entre meu corpo e minha mente, preciso desse equilíbrio para que ambos já não sintam, não desejem, não imaginem, nem busquem desculpas pra continuar até enlouquecer. O coração pede por descanso, é o tempo, o pensamento positivo e essa dor que você vai me causar que farão a diferença no nascer do sol. Ao finalizar esse texto, essa é a hora, e eu vou sem medo, me deixando de você, respirando sem auxílios e o ar é novo, revigorante, assim como meu único objetivo agora que é somente um: Recomeçar, meu bem, recomeçar.


LEIA MAIS DA DHEYSSE!
FACEBOOK | BLOG 

• • • • • 

*Para fins de direitos autorais, declaro que as imagens utilizadas neste post não pertencem ao blog. Qualquer problema ou reclamação quanto aos direitos de imagem podem ser feitas diretamente com nosso contato. Atenderemos prontamente.

24|31

comentários pelo facebook:

3 comentários:

  1. Acho que preciso compartilhar secretamente o texto da Dheysse com uma amiga minha... Isso foi escrito pra ela. Vocês não sabem, mas foi. :~~ Porque a gente sabe quando a coisa é nossa. (E quando não é). Enfim, fim.

    ResponderExcluir
  2. " Se apaixonar é fácil, acontece rápido. O processo difícil, lento e doloroso é admitir que a felicidade temporária é o passatempo preferido de quem gosta de brincar de ilusão. " PUTZ! Sem palavras para essa frase, resumi tudo! Muito bom

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. NOSSA! Esse texto me lembrou uma pessoa, e exatamente o vazio que ela tinha em si, com um papo maroto, mas que não significava absolutamente nada!
    É bom quando a gente percebe que deixou passar uma história assim, e que ela deu lugar ao melhor presente da sua vida: um amor de verdade!
    Esses textos estão demais aqui. Quequéisso?

    Beijos meu beeeeeeeeeeem :*

    ResponderExcluir

infelizmente a plataforma do blogger é meio ruinzinha para comentários, então, se quiser ver minha resposta ao comentário, terá que voltar por aqui. Ou comente pelo Facebook, ali em cima, aí aparecerá a notificação da resposta para você ;) Ah! e se tiver um blog, não tenha medo de deixar link, ok? Procuro visitar todos ♥