sobre derrubar gigantes

|

1 de setembro de 2015


Era uma vez um jovenzinho que derrubou um gigante. Ele foi muito festejado por isso. Canções foram compostas em louvor ao seu grande ato. Mas para derrubar o gigante foi preciso que ele dissesse "deixa que eu vou!". Será que não riram dele? Bem provável, pois outra parte da história nos conta que esse rapazinho era, aparentemente, o mais frágil de seus irmãos. Tanto que todos os seus irmãos eram guerreiros, todos serviam ao exército. E ele? Bem, ele cuidava de ovelhas e gostava de cantar, tocar e poetizar. Mas veja só, ele tomou a iniciativa de ir contra o gigante! É... Não há dúvidas de que riram dele! Ele deixou de ir? Não.

E foi com suas próprias roupas, não quis usar a armadura que um certo rei ofereceu. Se um rei te oferecesse algo tão incrível e caro como sua própria roupa de guerra, você rejeitaria pelo simples fato de que não combina com você? Você conhece sua essência a ponto de saber muito bem o que não lhe cabe? O nosso rapazinho conhecia. Mais do que a própria essência, ele conhecia aquele que estava com ele. Ele tinha um algo a mais. Ele tinha um tudo a mais. No meio do caminho o rapaz juntou pedras. Quanta dificuldade temos às vezes para simplesmente juntar algumas pedras, para acumular munição para a batalha vindoura... É necessário se abaixar. É necessário observar (quais serão as melhores pedras?). É necessário sujar as mãos. Depois as pedras ficam guardadas por um certo tempo, causando peso. São nossas armas, experiências, vivências que devemos guardar até chegar a hora de usá-las. Nem antes, nem depois. No momento exato. Foi o que fez nosso rapazinho. E nós sabemos, ele aniquilou o gigante. Quem é esse garoto tão frágil e ao mesmo tempo tão corajoso? Tão artístico e estrategista? Podem chamá-lo de Davi.

Ele nos ensina que aqueles considerados doces e sonhadores podem ser duros e assertivos na hora de encarar um desafio. Aqueles que amam estar entre a natureza e os animais, aqueles que vagam pelos campos cantando e ensaiando versos podem também liderar exércitos. Aqueles que tanto sonham e todos pensam que não darão em nada podem servir de exemplo para muitos. Quando você ler um Salmo, lá naquela sua Bíblia tão velhinha usada apenas na catequese ou naquela que fica em lugar de destaque na sua casa, lembre-se do menino ruivo que andava pelos campos cantarolando, lembre-se do menino que não foi chamado para um importante jantar, pois o pai dele não achava que a presença do pastorzinho era necessária. O rapaz a quem os irmãos acusavam de metido quando ele apenas ia levar-lhes um lanche. Lembre-se desse garoto. Foi ele que nos deixou a maioria daqueles salmos. E saiba que ali estão pedidos de socorro, gritos de dor e arrependimento, confissão de dúvidas e cânticos de pura gratidão compostos por uma alma totalmente entregue ao seu Criador. E ele era apenas um garoto andando pelos pastos e cantando para ovelhas. Mas era uma alma apaixonada. Deus faz maravilhas com almas apaixonadas.


Texto lindo da colaboradora Juliana Dacoregio. 
• • • • • 

*Para fins de direitos autorais, declaro que as imagens utilizadas neste post não pertencem ao blog. Qualquer problema ou reclamação quanto aos direitos de imagem podem ser feitas diretamente com nosso contato. Atenderemos prontamente.

comentários pelo facebook:

4 comentários:

  1. Eu tô aqui toda boba e arrepiada! Ju, você me tocou profundamente! Cada linha dessa tem um significado muito forte, é mesmo difícil e extremamente necessário recolher as nossas pedras e guardar por um tempo, até chegar a hora! A hora dEle, pois "para tudo há um tempo, para cada coisa há um momento debaixo dos céus" .
    Abraço Ju e Maria :*

    ResponderExcluir
  2. Que texto maravilhoso! Maravilhoso!
    Só consigo pensar nessa palavra no momento.
    Uma maneira linda de se falar de vida! Lindo, lindo, lindo. Fiquei encantada.

    Beijos em vocês :*

    ResponderExcluir

infelizmente a plataforma do blogger é meio ruinzinha para comentários, então, se quiser ver minha resposta ao comentário, terá que voltar por aqui. Ou comente pelo Facebook, ali em cima, aí aparecerá a notificação da resposta para você ;) Ah! e se tiver um blog, não tenha medo de deixar link, ok? Procuro visitar todos ♥