se apegue sim.

|

4 de agosto de 2016


Eu me apego, não nego. Domino a arte de me apegar. Não consigo me afastar de gente que divide para somar. Aquele drama de compartilhar histórias e ideias, ou alimentar fantasias infantis minhas (ou não tão infantis assim). Piro nessa troca. Gosto de me ver mudar, porque tudo (me) muda. Cresce, evolui, amadurece. Então sim, é apego. E não ligo. E se eu não me importo, você também não deveria se importar.

O desapego torna as pessoas egoístas e cansei dessa gente que só sabe olhar para o próprio umbigo. Tá faltando mais ombro amigo, tá faltando mais colo e mais carinho. Tá faltando gente para se doar. Hoje é tudo jogo, é tudo morno, é tudo acaso. Ou seria descaso? Estamos construindo barreiras e correndo ladeira abaixo. Tá faltando amor. Tá falando apego.

Se apegue, sim! A vida é curta demais para ser pequena, então se doe com vontade, ame com intensidade, queira mais proximidade. Pratique o apego. O fracasso começa quando começamos a acreditar que teremos amanhãs demais. E não há amanhãs suficientes para procrastinar.

Tire o pé do freio. Não é feio se entregar. Se doar. Não pense demais naquilo que os outros podem pensar e não imagine amanhãs. Faça aquilo que te dá vontade, ainda que pareça um pouco de insanidade. Ame.  Se entregue. Esteja inteiro, não pela metade. Se apegue.

E eu me apego, não nego. Domino a arte de me apegar. Não consigo me afastar de gente que divide para somar. E não ligo. E se eu não me importo, você também não deveria se importar.

título do texto é um trocadilho inspirado no livro da Isabela Freitas.

• • • • • 

*Para fins de direitos autorais, declaro que as imagens utilizadas neste post não pertencem ao blog. Qualquer problema ou reclamação quanto aos direitos de imagem podem ser feitas diretamente com nosso contato. Atenderemos prontamente.

comentários pelo facebook:

10 comentários:

  1. O texto ficou levemente rimado, isso o deixou mais incrível ainda.
    Eu me apego sim, já tô acostumada a me ferrar. HAHA
    Brincadeira.

    Beiijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né menina??? Hahahha *-*

      Excluir
    2. É difícil escrever rimado, mas eu gosto do resultado ♥

      Excluir
  2. Meu Deus, Fê! Disse tudo e mais um pouco. Cansei dessas pessoas que pregam tanto o desapego e no final saem incompletas. Acho que ainda não teve uma que hora ou outra chegou resmungando que o mundo anda tão pela metade. Se todos se doassem mais um pouquinho e deixassem esse orgulho bobo de lado, sem medo de se machucar e aprender, talvez o mundo tivesse mais amor. As pessoas andam muito futuristas, e isso as faz egoístas (experiência própria).

    Beijão <3
    http://www.brutwos.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Primeira coisa que pensei foi no texto da Isabela.

    Mas você trouxe uma musicalidade linda nas palavras, e com uma verdade tão linda, que logo esqueci e senti só seu texto.

    Tava mortinha de saudade daqui, Fê.

    Beijão :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tive que citar a Isabella pq sabia que povo iria fazer analogia hahaha ♥
      tava mortinha de saudade de você por aqui

      Biejos

      Excluir
  4. Ahhhh Mafê, como eu amo a sua escrita! ♥

    Último Biscoito | www.ultimobiscoito.com

    ResponderExcluir
  5. Adorei Fê es estou contigo. Me apego sim.♥

    ResponderExcluir
  6. Adorei seu blog e tô adorando seus textos! Parabéns! ;)
    Jake
    Esmalte nas Unhas

    ResponderExcluir

infelizmente a plataforma do blogger é meio ruinzinha para comentários, então, se quiser ver minha resposta ao comentário, terá que voltar por aqui. Ou comente pelo Facebook, ali em cima, aí aparecerá a notificação da resposta para você ;) Ah! e se tiver um blog, não tenha medo de deixar link, ok? Procuro visitar todos ♥