pare com esse jogo se ele não te interessa

|

2 de novembro de 2016


Não gosto de pessoas que fingem ser o que não são para conseguirem o que não querem. Convenhamos, se alguém te quer, mas quer de verdade, não faz joguinhos, caras e bocas pra te ter por uma noite, por um momento, por uns dias. Se quiser, de verdade, a pessoa é aquilo que é, quer você goste — e espera mesmo que goste — quer não.

Senão, qual o propósito, afinal? Fazer-se de conta pra depois cansar de atuar, deixar cair máscaras e ir matando o encanto? Podem me dizer o que for: que é normal minimizar o encanto, o desejo, as trocas de olhares. Eu não concordo! Não concordo e ponto! Eu sei o que é sentir borboletas no estômago por meses a fio e não havia rotina que expulsasse o frio da barriga. Eu sei o que é pensar e repensar mil maneiras de surpreender pra agradar e sei qual é a expectativa de não saber o que encontrar, o que esperar, o que virá do amanhã. E eu sei que é bom e que não tem fórmulas pra isso. E nem trabalho, afirmo. É fácil. E eu sinto falta.

Então eu não sou dessas pessoas que fingem ser o que não são. Eu sou desse jeito meio sem sal, meio com pimenta, levemente agridoce. Se não gostar, não adianta, a receita vai ser sempre a mesma. Sou isso e pronto.  Se não há certeza agora, não vai ter certeza depois, porque não vai mudar. Eu não vou mudar. Amadurecer, claro, mas o resto não vai mudar...

Sendo assim, porquê é que muda? Porquê é que desencanta? Alguém foi o que não é, o que não seria, o que não vai ser? Vai ser culpa da rotina? Quem é que se apega a rotina e deixa que a rotina se apegue? Se entrega, culpa os dias, culpa as horas em excesso, não sabe se dividir, tampouco se divertir. Mata-se o "amor" pouco a pouco. Morre-se um pouco também. Definha.

comentários pelo facebook:

5 comentários:

  1. Eu concordo. E, sinceramente, acho que a culpa dessa "lenda" de que o encanto acaba com o tempo é de pessoas que não amam de verdade e acabam se metendo em relacionamentos sem todo o sentimento necessário.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Concordo e muito contigo! Acho que o amor gosta de surpreender e descobrir diariamente novas formas de trazer um sorriso a tona. E isso perdura pra sempre. Esses relacionamentos que terminam pra mim nunca foram de verdade, nunca se permitiram ser..não dá pra fingir ser oque nao se é por muito tempo, e nem se deve..ser é uma das melhores coisas que existem, ser com alguém, pra mim não tem preço.

    ResponderExcluir
  3. Eu tô um pouco chocada com esse tecto, pq ele é exatamente o que eu acho sobre as desculpazinhas que surgem quando a pessoa não tá mais afim...
    Hoje em dia ta tudo muito superficial "se não der certo, a gente separa." Eu não acho isso certo. Tem que fazer dar certo. Todo mundo tem defeito e a gente tem que se acostumar mesmo.
    Obrigada por esse texto, Mafê ♥

    Beijos, lindona.

    www.eduardalins.com.br

    ResponderExcluir
  4. Putz Fê, tanto tempo sem aparecer por aqui e quando apareço dou de cara com um texto maravilhoso desse <3 você e suas palavras que nos atinge em cheio.

    Beijos amore

    ResponderExcluir
  5. A única coisa que o tempo faz é mostrar o
    que é verdadeiro e o que vai permanecer.
    Chocada com esse texto, nem sei porque. rs
    bjo

    ResponderExcluir

infelizmente a plataforma do blogger é meio ruinzinha para comentários, então, se quiser ver minha resposta ao comentário, terá que voltar por aqui. Ou comente pelo Facebook, ali em cima, aí aparecerá a notificação da resposta para você ;) Ah! e se tiver um blog, não tenha medo de deixar link, ok? Procuro visitar todos ♥