tatuei saudade na pele

|

5 de abril de 2017

Para ouvir na voz linda do Vitor Kley ♥

Eu tatuei a saudade na pele justamente para não esquecer. Havia uma fina cicatriz no local e estava sumindo com o tempo. Senti-me na obrigação de fazer alguma coisa. Há tanta memória guardada aqui... Você não entenderia. Quanto te falo, sem rodeios, sobre uma saudade infantil minha, ela parece inocente e pequena, mas o turbilhão que pulsa por trás das entrelinhas é gigantesco demais. Não podia deixar toda uma história sumir repentinamente.


Fazia muito tempo que eu estava longe de mim. Eu me escondia na rotina e, fatalmente, era sugada por ela. Dia após dia desenhando histórias que não são minhas. Dia após dia adiando a vida. Só existindo, sem viver. Esperando. Esperando o quê? Não tinham respostas para as minhas perguntas. Sequer haviam perguntas, porque não me preocupava em pensar nelas. Foi então que, determinado dia, acordei e percebi que o tempo havia voado e não dava mais para ficar sentada esperando. A cicatriz estava sumindo e eu sou apegada demais às coisas e pessoas para deixá-las sumir eternamente.

Doeu, confesso. Cada agulhada doía em proporções gigantescas. E eu sorria para maquiar a dor que sentia. A saudade é meio masoquista, não é? Mesmo com todas as frases feitas, mesmo com todos os conselhos doados aos quatro cantos do mundo, vamos lá e cutucamos a ferida. Por que dói, mas é bom. Nos mostra o quanto estamos vivos e o quão bom foi tudo que ficou para trás. Saudade é deixar algo para trás e eu, nas andanças da vida, carrego muita saudade antiga.

Saudade de mim, principalmente.

comentários pelo facebook:

4 comentários:

  1. A saudade é uma maneira que o amor encontrou de permanecer vivo. Tudo que marca profundamente, há pitada desse sentimento único.
    É sobre a saudade que venho escrevendo muito desde uma dura perda que sofri no ano passado. Esta saudade, em questão, está tatuada na minha alma.
    Lindo texto, Fê.
    Beijinhos estalados...

    ResponderExcluir
  2. Se a vida deixas levar-te a esmo, saudade demais terás de ti mesmo.
    GK

    ResponderExcluir
  3. Tem horas que a saudade vem só pra machucar, mas em outras ela vem para nós mostrar que estamos vivos. E que ainda temos muito o que viver, minha amiga. Também sinto saudade de mim. A gente sente, né?

    Amo você ♥

    ResponderExcluir
  4. E é bem assim mesmo Mafê! A saudade dói, existe, e nos percebe... nos forma. ♥ Adorei a analogia.

    ACESSO PERMITIDO. ♥
    www.acessopermitido.

    ResponderExcluir

infelizmente a plataforma do blogger é meio ruinzinha para comentários, então, se quiser ver minha resposta ao comentário, terá que voltar por aqui. Ou comente pelo Facebook, ali em cima, aí aparecerá a notificação da resposta para você ;) Ah! e se tiver um blog, não tenha medo de deixar link, ok? Procuro visitar todos ♥